O intercâmbio musical de Perotá Chingó

De todas as artes humanas a música é a que mais permite a interação entre músico e ouvinte, pois o músico e/ou intérprete consegue um retorno imediato de seu público, seja por aplausos ou até mesmo vaias. A reação do público está diretamente ligada às múltiplas sensações causadas pela combinação harmônica das canções. No entanto o que é de fato mágico na música é que, apesar de estar em constante (r)evolução, alguns pontos comuns permanecem ao longo da história e mesmo em diferentes culturas.

Um pequeno grupo de músicos teve então uma ideia genial, quando se questionou que não era necessário se restringir apenas ao estilos, instrumentos e tons tradicionais do seu local de origem. As argentinas Julia Ortiz e Dolores Aguirre (conhecidas como Dolo e Maju) em um passeio pelo litoral uruguaio gravaram um vídeo com uma nova canção, que ficou famoso na internet. Naquele mesmo ano Martin Dacosta e Diego Cotelo se uniram  a elas para um feliz projeto musical: o de compôr canções que unissem várias culturas utilizando, para isto, influências de estilos diferentes de músicas folclóricas de múltiplas regiões da América Latina, começando pela Argentina, Chile e Uruguay. E então nasceu Perotá Chingó, que já completa três anos de união.

10648966_731594080262282_983239669865611870_o

 

A variedade de influências inclui desde zambas argentinas, chacareras, samba brasileiro, candombes, música popular do chile, joropo venezuelano, reggae e outros tipos musicais que vão encontrando ao longo da viagem. O intercâmbio não se restringe apenas às composições, mas a banda visita diferentes regiões em busca de influências musicais, em sua Chingoneta (nome dado ao veículo da banda), geralmente pousando em hostels e abrigos comunitários e fazendo pequenos shows, que muitas vezes são arranjados pelos próprios fãs da banda. Recentemente, fizeram um breve mochilão pela Europa, passando pela Espanha, Alemanha, Dinamarca, Suécia, França, sempre preferindo shows pequenos ou festivais alternativos. Toda a viagem foi a companhada pelo fotógrafo Pocho Alvarez, que é o produtor. Confira todas as fotos da turnê em família de Perotá Chingó.

10628048_715308138557543_6778741330841388247_n

A mistura de influências musicais nos dá uma sensação de estarmos em uma viagem de extensos horizontes, experimentando diferentes paladares e o gosto que tem a estrada do mundo. Basta fechar os olhos e conhecer um pouco da grandeza que tem a América Latina, que começa a pôr as manguinhas para fora do continente e explorar novas paisagens e sons mundo afora.

Ouça o último álbum lançado pela banda:

 

PÁGINA OFICIAL: http://www.perotachingo.com.ar/

FACEBOOK: https://www.facebook.com/perotachingo

 

*Saiba mais sobre a autora: Giovanna, ou Picles, é fotógrafa e produtora cultural, formada em Letras e pós graduada em Cinema e Fotografia. Acredita que a mudança só se efetiva através de (…) 

 

Seja o primeiro a comentar